IGREJA MENINA
Eula Maciel Cockell na Fundaçao da Igreja de lpanema

Gostei do apelido.
Menina dos olhos,
Menina no pensamento,
Menina no tamanho…
Menina em que?

É preciso que ela cresça
E deixe de ser menina.
Precisa do seu interesse,
-Da sua contribuição,
Do seu comparecimento.
Precisa muito de você.

Prá Deus, nosso Pai querido,
Que ela seja sempre menina;
Menina na simplicidade,
Menina sem nenhuma vaidade.
Menina na des-pretensão!

Mas cresça em sabedoria!
Atenda ao necessitado!
Que seu louvor encha os ares
De profunda gratidão!

 

O Reverendo Jovelino Pereira Ramos fora designado para o Período de Licenciatura na Igreja Presbiteriana de Copacabana, e então encaminhado para a Congregação Presbiteriana de Ipanema. Militante de esquerda, cristão preocupado com as desigualdades sociais, foi o grande incentivador da organização do Centro de Recuperação Infantil. Frases de seus sermões marcaram a comunidade, como: “Ser cristão é uma nova postura diante de Deus”; “0 céu e o inferno são portáteis”; “0 poder da fraqueza é a fraqueza do poder”. Até hoje sua ligação é muito grande com a Igreja Cristã de Ipanema. 1962 – 1968

Guardamos de Luís ou Reverendo Luiz Pereira Boaventura a lembrança agradável do Reverendo dedicado, do líder sem medo, do companheiro sempre solidário e afável. Mas devemos registrar sobretudo que sua passagem pela ICI foi um testemunho inesquecível de fé, resignação e fidelidade. Casado com Lyllian Costa Boaventura, nossa presbítera emérita, o Rev. Luiz Boaventura foi chamado para o coração do Pai de Misericórdia, quando preparava-se para um período de aulas como professor no curso de teologia da Universidade de Princeton. Este servo do Deus bendito foi um dos fundadores do Hospital Evangélico de Londrina, cidade na qual viveu nos anos 60. 1968 – 1971

O Reverendo Abmael Etz Rodriguez aceitou assumir o pastorado da ICI com seus compromissos sociais e sua fidelidade aos desafios de seu tempo. Aqui atuou com humildade, dignidade,sempre inspirado em sólido conhecimento teológico. O pastorado do Rev. Abmael na ICI teve como um dos seus pontos altos a expansão missionária. A Igreja Presbiteriana da Taquara foi fruto de tal movimento. Nosso amável pastor atualmente encontra-se em São Paulo, pastoreando comunidades da Igreja Presbiteriana Unida. 1972 – 1974

O Reverendo Jonas Neves Rezende marcou uma época de crescimento na ICI. Sua palavra instigante formou consciências, destruiu tabus, quebrou barreiras e sinalizou caminhos para uma nova geração que buscava um sentido maior para a mensagem cristã. Com ele experimentamos uma releitura mais doce, humana, e, ao mesmo tempo, cósmica dos Evangelhos. Uma amigo, um Pastor, um Pastor amigo. Ambos brilhantes. 1974 – 1983

Uma comovente sensibilidade pela causa dos socialmente menos favorecidos. Do púlpito dessa Igreja sua voz profética denunciou a omissão dos cristãos diante das injustiças sociais e despertou nossa sensibilidade para as questões raciais, políticas e sociais das minorias marginalizadas. Através da pessoa nordestina do Reverendo Mozart João de Noronha Mello vimos passar por essa Igreja a coragem e a ternura de Che, a resistência pacífica de Ghandi, a coerência de Luís Carlos Prestes, o sonho de Martin Luther King. 1978 – 1991

casando2
Um conjunto de pessoas que prezam liberdades adquiridas. Pessoas com histórias diferentes. E diferentes caminhos em busca de sua crença. Pessoas que têm opiniões sobre quase todos os assuntos e que têm nos rumos de sua Igreja um assunto de interesse pessoal. A Igreja de Ipanema recebeu o Reverendo Edson Fernando de Almeida e em torno dele viu surgir uma alegria que abre caminho para a celebração de uma fé generosa. Uma fé que faz brilhar. Uma fé que se comunica com o mundo, que reúne pessoas que prezam liberdades adquiridas, e, em diferentes caminhos, buscam sua crença num Deus de todos. Por algum caminho difícil de explicar, hoje a Igreja se lembra mais do que nunca de que Deus é Amor 1992 – Até o presente

O Reverendo Luiz Longuini Neto foi e continuará sendo uma bênção na vida da ICI. “Uma Igreja sem Paredes” sempre foi a utopia para qual seus proféticos sermões nos remeteram. Líder do protestantismo brasileiro em sua verão mais arejada e voltada para o tempo presente, o Rev. Longuini é uma referência naquilo que a teologia evangélica brasileira tem produzido de melhor nos últimos tempos. Atualmente é pastor pela Igreja Presbiteriana do Brasil e atua como conferencista e professor de Filosofia. 1995 – 1997

casando2
Eis uma biografia como as que encontramos nas páginas bíblicas: uma senhora que como mãe, esposa ou amiga, como opção pessoal, tornou-se cuidadora. Descobriu na vida um sentido maior: colaborar na feitura da obra do Senhor. Como as sábias mulheres da Bíblia, age sem alardes e doa-se discretamente, e assim penetra mansamente nos projetos divinos. Diariamente, com sua oração silenciosa, expressa de forma indubitável sua proximidade com Deus. E nós, como igreja, nos escondemos seguros atrás de suas íntimas palavras com o Criador. Assim, preguiçosamente, ouvimos as palavras da Reverenda Leni Gusmão endereçadas a Deus com a certeza de que sua súplica fala por nós. Por isso, não só agradecemos, mas precisamos da continuidade de seus gestos, já que às vezes nos sentimos como filhos sem saber o que falar ao Pai. A ICI lhe agradece por tudo, reconhecendo que seu exemplo de vida nos remete a Deus. 2000 – Até o presente momento
casando2
Um jovem aqui ordenado: amoroso, capaz, dedicado, conquistou rapidamente o coração de todos e todas. A sabedoria divina orvalha suas reflexões, temperando suas palavras com uma sonoridade que emociona o nosso coração. No Reverendo Leonardo Amorim , confirma-se a palavra de Agostinho de Hipona: a medida do amor é o amar sem medida! 2007 – Até o presente momento

Jovem ministro também ordenado aqui na ICI, Pedro Vieira Veiga esteve conosco pastoreando o grupo de Petrópolis por um período de 2 anos. Sua vocação foi sendo alargada pelo chamado divino, o que levou Pedro ao Itamaraty, onde hoje vive a carreira de embaixador brasileiro. Seu púlpito, no dizer de João Wesley, é o mundo! 2007 – 2009